.

.

26 de outubro de 2015

In' Metade de Mim*...













Ha pedaços de mim perdidos aqui dentro
Estilhaços de vidro de corte extremo

Ha pedaços de mim deteriorando no tempo
Sem meios de existir, sem forma no vento

Ha pedaços de mim escondidos aqui dentro
Adormecidos pelo sonho de um momento

Ha pedaços de mim entorpecidos no intento
Da espera de um coração que os cole por inteiro

f.g.

Nenhum comentário:

Postar um comentário